Acidentes oculares em crianças.

Quem sofre mais acidentes oculares? Meninos ou meninas?

Acidentes oculares em crianças. Quem você acha que sofre mais? Meninos ou meninas? Se você respondeu meninos, acertou. A frequência é de aproximadamente dois a três acidentes em meninos para cada menina que sofre o trauma ocular. Acredita-se que os estímulos para as brincadeiras masculinas são mais agressivos do que os femininos.

Em crianças, os traumatismos oculares graves, que levam à perda de visão parcial ou total ocorrem na maioria das vezes quando não há supervisão de um adulto e com grande frequência no ambiente doméstico. Por isso, é necessário a adoção de medidas básicas para ajudar a controlar os inúmeros casos de acidentes oculares nos pequenos.

Confira a seguir alguns cuidados, como se prevenir e o que fazer no caso de uma ocorrência:

Objetos pontiagudos
São os protagonistas de lesões graves e devem ser guardados em locais em que a criança não tenha acesso.

Produtos químicos
Assim como os objetos pontiagudos, os produtos químicos estão no topo das ocorrências de acidente oculares domésticos. Pequenas gotas em contato com os olhos podem causar danos sérios à visão. A lavagem imediata do globo ocular e posterior encaminhamento ao oftalmologista para continuar o tratamento  é de extrema importância.

Brinquedos perigosos
Armas de brinquedo e estilingue, que impulsionem bolas ou objetos, devem ser evitados. Brincadeiras com pedras e fogos de artifícios também.

Ao abrir garrafa
Cuidado com a tampinha, pois pode ocorrer  trauma ocular contuso, podendo prejudicar a visão.

Trabalhos domésticos
Crianças não devem observar trabalho doméstico do tipo martelar pregos, cortar grama, e outros do tipo, pois poderá haver acidente grave com risco de cegueira.  Quanto menor o tempo para a procura do socorro, maior a possibilidade de sucesso  no tratamento.

Prática de esportes
Esportes como tênis, basquete e beisebol podem levar ao trauma ocular e para preveni-lo, óculos específicos para a prática desportiva estão indicados.

Em caso de um acidente ocular, o que fazer?

Em todo acidente é preciso procurar com urgência atendimento especializado. Especialmente em casos de perfuração, busque sempre um oftalmologista ou um pronto-socorro. Em caso de contato dos olhos com produto químico, lave os olhos da criança abundantemente com água corrente e limpa. Após a lesão, evite compressão do globo ocular e não faça uso da automedicação como o uso de colírios ou pomadas.

Post Anterior Próximo Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *